5 dicas para um planejamento de sucesso em 2017

 In Palestras, Treinamentos

5 dicas Alle ao Lado

O pensamento estratégico é uma das principais chaves para atingir os objetivos traçados para as mais diversas áreas. Não apenas aplicado no ambiente corporativo, um planejamento bem feito também pode impulsionar conquistas nos âmbitos familiar e financeiro. É por isso que um plano pessoal torna-se essencial para o crescimento e realização de sonhos – em todos os sentidos.

Para construir esse “plano de vida”, é necessário praticar uma autoanálise sincera. “A primeira coisa é pensar como você quer que sua vida esteja em 2020 e especificar tudo que deve ser feito impreterivelmente em 2017. Depois, elenque os objetivos mais relevantes, verifique quais competências estão ao seu favor e também o que pode impedir a realização das metas, crie um plano de ação detalhado e use suas habilidades em prol do mesmo. Por fim, liste as ações que podem te atrapalhar e evite-as”, explica a facilitadora e palestrante Allessandra Ferreira, da empresa AlleaoLado.

Confira algumas dicas simples para tirar do papel a sua lista de desejos:

Invista no autoconhecimento

Conhecer-se é uma maneira de diagnosticar o que precisa ser feito para chegar aos seus objetivos. Dedicar tempo e esforço para buscar a sua essência – por meio da leitura, cursos, terapia, diálogos – só trará benefícios. “As pessoas precisam ampliar a percepção a respeito de si, para identificar quais as necessidades que precisam ser atendidas e se sentirem confortáveis com a vida a ponto de poderem ser elas mesmas”, explica a facilitadora.

Olhe para o futuro próximo

Não pense muito a frente. Isso só fará com que perca tempo e energia, além de não trazer resultados palpáveis. Períodos menores, entre três, cinco e dez anos permitem criar o planejamento adequado para o sucesso.

Defina os objetivos

Tenha muito bem delineado qual a sua situação atual, onde quer chegar e quais os passos para efetivamente conquistar as metas traçadas. “A dica principal é encontrar o que se ganha e o que se perde ao conquistar o objetivo idealizado, pois muitas vezes sabotamos nosso plano por não querer perder algo que faz parte da rotina”, comenta a Allessandra.

Escreva tudo

Escrever todas as etapas do planejamento torna-o fácil e organizado. Ao colocar no papel (ou em uma planilha) os objetivos, prazos e o plano de ação, fica mais simples monitorar seus passos e identificar possíveis oportunidades e riscos. Mas não fique preso: depois de um tempo é aconselhável analisar e monitorar os resultados para possíveis correções.

Não dê um passo maior que a perna

Planos muito elaborados e de difícil execução são praticamente uma passagem direta para o fracasso, gerando frustração. Um bom planejamento é aquele possível de ser implantado dentro da realidade. Porém, caso se decepcione, não pense que tudo está perdido. “A maneira mais rápida de lidar com a frustração é fazer uma análise do que impediu o objetivo de ser realizado, e, posteriormente, verificar foi aprendido”, fala Allessandra.

Recent Posts

Leave a Comment